Como Combater o Mosquito Borrachudo – Simulium Pertinax

SIMULIUM PERTINAX ou vulgarmente conhecido como mosquito borrachudo, da familia dos SIMULIÍDEOS, tem a peculiaridade que suas fêmeas são hematófagas agressivas, e tanto as fêmeas quanto os machos  medem  entre 2 e 6 MM  de comprimento e possuem coloração negra.

Este inseto vive no litoral brasileiro e  onde há rios com correntezas , nas encostas das serras , geralmente procria-se em agua corrente e limpa, no Brasil, eles são encontrados no interior do pais, nos estados do Mato Grosso, Amazonas, Roraima, Rondônia, mas já foram encontrados até no sudeste do país

Este inseto é o transmissor da ONCHOCERCA VOLVULUS ou vulgarmente conhecido como “mal do garimpeiro”, este DIPTERO ingere micro-fílarias quando se alimentam de sangue de animais, assim as micro-fílarias infectantes  evoluem e são inoculados através de picada em um hospedeiro definitivo.

Quando inoculado no  corpo humano se disseminam e  migram para os rins, baço, olhos e varias partes do corpo, formando pequenos nódulos, atrofia glandular e hiperceratose cutânea, liquido céfalo-raquidiano, além destas enfermidades ocorrem também adenite, obstrução linfática e elefantíase, no olho a infecção torna-se uma infiltração de linfócitos e eosinófilos podendo causar ate a cegueira permanente.

A profilaxia e tratamento é ministrar ivermectina ou o antibiótico doxiciclina contra as microfilarias, que  durante o tratamento tem atenuada as reações adversas, entretanto esse tratamento tem pouca eficácia,  quando se trata do verme adulto, normalmente  utiliza-se a remoção por cirurgia diretamente na localização dos nódulos já adultos, e a profilaxia e a administração de fármacos antiparasíticos, a as populações afetadas, como prevenção assim como o combate com inseticidas químicos.

A maior parte se matura  dentro do corpo humano mais morre com a ação do sistema imunológico humano, entretanto os parasitas continuam a se proliferar pelo corpo pois quando o borrachudo pica  o hospedeiro estas picadas causam micro-lesões  na derme e há  o rompimento do músculo do aparelho picador do inseto que contem milhares de microflárias e é neste momento que há contaminação continua,  sua picada contem coagulantes e vasodilatadores  que ajudam no ciclo de reprodução, mais  geralmente o diagnostico e dado por biópsia de pele , e exame de  oftalmoscopia, nodulectomia e o teste MAZZOTTI

Com o aumento das temperaturas,  também  aumentam a população e  proliferação dos mosquitos borrachudos e os da dengue, e é por esse motivo  que devemos desenvolver estratégias para combater e erradicar estes insetos,  a EMBRAPA juntamente com a BTHEK biotecnologia, produziram um inseticida biológico o BT- HORUS, capaz de controlar e erradicar as larvas e os mosquitos transmissores da dengue,  febre amarela (AEDES AEGYPTI)  bem como as larvas e do mosquito borrachudo ( SIMULIUM SPP).

O agente  ativo é uma bactéria  que existe naturalmente no meio ambiente o BACILLUS THURINGIENSIS ISRAELENSIS, as larvas dos mosquitos ingerem a bactéria contida no produto e é intoxicada  no intestino, e ocorre  infecção generalizada causando sua morte,  antes da fase adulta, a vantagem deste inseticida é ser biológico  inofensivo ao homem, animais domésticos, aves, peixes e plantas e  por não poluir e não deixar resíduos  no meio ambiente,  pode ser aplicado com outros métodos de controle e combate a estes insetos, e pode ser aplicado em todos os lugares com agua corrente , tais como rios, cachoeiras , valas, tanques de peixes, bebedouros de animais, minas d’aguá e outros.

Para a aplicação do BT-HORUS diluir 25 ml  em 1 litro de agua ou 500 ml em 20 litros de agua e pulverizar nos locais afetados , aplicar uma gota em  locais como vasos  de plantas , bromélias , tampinhas de garrafa aquários e locais que retenham agua

OBSERVAÇÃO:  O BT-HORUS já é comercializado e é encontrado  em casas agropecuárias.

Bookmark the permalink.

2 Comments

  1. Rogério Luiz Teixeira

    Li os comentários sobre o combate a denque. Para mim existe uma inversão de valores, onde o governo incompetente quer dizer que a população tem culpa, tanto em caixas dágua quanto em vasos de flores. Trabalho com anfíbios em áreas de preservação. Após três meses de chuvas, a quantidade de pernilongos em alagados naturais é insuportável. Crianças que vivem às margens do rio poluído, amanhecem totalmente picadas. Na minha opinião, o trabalho de combate a dengue é só pra arrecadar grana, pois os principais focos jamais serão atingidos.

  2. a dengue existe desde o século XVII,surgiu como febre amarela ´nos povos Africanos,quando o mosquito chegou as américas que segundo a história veio através de navios cargueiros,no Brasil ela surgiu em 1865,no Recife,o médico Osvaldo Cruz implantou um sistema que erradicou por um tempo,mas no século XX ,ela voltou a aparecer e desta vez com mais força e as autoridades sanitárias tem sérias dificuldades no seu controle,que necessariamente passam pelos vasos com água,recipientes e esse q nós conhecemos sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>